Vale das Lendas

Loading...

quarta-feira, 12 de março de 2014

Kraken Attack

)






História

O Kraken era uma espécie de lula ou polvo gigante que ameaçava os navios no folclore nórdico. Este gigante tinha o tamanho de uma ilha e cem braços, acreditava-se que habitava as águas profundas do Mar da Noruega, que separava a Islândia das terras Escandinavas, mas poderia migrar por todo o Atlântico Norte. O Kraken tinha a fama de destruir navios, mas só destruía aqueles que poluíam o mar e navios piratas (ou seja, um grande ativista do Greenpeace e combatente da pirataria).

Kraken na mitologia grega

O Kraken também é confundido por ser visto na mitologia grega como uma sépia gigante que controlava as tempestades e as profundezas oceânicas e que habitava uma caverna submersa. No entanto, não há registro do Kraken na mitologia grega.

 O Kraken era uma criatura tão temida pelos marinheiros quanto às ferozes Serpentes Marinhas.


Aparência

“Essa criatura é semelhante a uma lula imensa, com um corpo retilíneo, dois olhos arregalados e uma massa de tentáculos. “ (Livro dos Monstros, D&D 3.5)





“Sob os trovões da superfície, nas profundezas do mar abissal,
o kraken dorme sempiterno e sossegado sono sem sonhos.

Pálidos reflexos se agitam ao redor de sua forma obscura;
 
vastas esponjas de milenar crescimento e alturas
 
e inflam sobre ele,
 e no fundo da luz enfermiça polvos inumeráveis e enormes
agitam com braços gigantescos a verdosa imobilidade de
 
secretas celas e grutas maravilhosas.

Jaz ali por séculos e ali continuará adormecido,
 
cevando-se de imensos vermes marinhos,
 
até que o fogo do Juízo Final aqueça o abismo.
 

Então para ser visto por homens e por anjos,
rugindo surgirá e morrerá na superfície.”

(Alfred Lord Tennyson) contos-e-lendas.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário